---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Mutirão contra a Dengue em Flor do Sertão!

Publicado em 15/04/2019 às 14:52 - Atualizado em 15/04/2019 às 16:14

Em diversos municípios da região já foram confirmados casos da Dengue. E Flor do Sertão não quer ser o próximo. Para isso, no intuito de conscientizar a população da cidade e orientar quanto aos cuidados com locais onde o mosquito Aedes Aegypti pode se proliferar, a Secretaria Municipal de Saúde organizou um mutirão na manhã desta segunda-feira. De início a própria secretária de saúde, Maristela Valler, e a fiscal de vigilância sanitária, Adriane Bianchet, orientaram a equipe quanto às abordagens dos moradores e a busca, dentro das propriedades, por situações de risco.

Diversos servidores públicos colaboraram com a iniciativa, além de um bom número de estudantes da Escola Estadual Jorge Lacerda. A Polícia Militar deu suporte, orientando a equipe quanto ao trabalho dentro das propriedades particulares. A maior parte das propriedades da cidade foram vistoriadas, sendo encontrados pelo menos meia dúzia de locais com água parada onde havia larvas ou grande possibilidade de reprodução do mosquito. Em um primeiro momento, os proprietários foram, ou serão, orientados, mas novas visitas serão realizadas para garantir que foram tomadas medidas para eliminar o risco.

Segundo Liane Ramos, agente de endemias que acompanhou o mutirão, ainda é um desafio a conscientização da população a ponto de cada um cuidar de sua propriedade e ajudar a reduzir os riscos. “Encontramos algumas situações que revelam descaso, o que é muito preocupante; se todos cooperarem, a vitória nessa luta contra a Dengue será de todos”, comenta ela, enfatizando a necessidade de maior atenção aos terrenos baldios: “os proprietários ou quem mora perto devem fiscalizar”.

Na mesma linha, a secretária municipal de saúde, Maristela Valler, reconhece que há um bom comprometimento da maioria da população, no entanto, ainda é necessária uma cooperação maior em casos específicos: “às vezes o risco está na propriedade vizinha, então, urge que as pessoas mais comprometidas estendam um olhar para além da divisa, pois se há risco ele ameaça toda a população”, alerta ela, agradecendo todos que participaram do mutirão e às famílias que acolheram bem: “essa parceria faz a diferença e vamos proteger nossa população!”.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar